WhatsApp

(18) 99774 - 5662

Com superávit, Osvaldo Cruz está entre os 21 municípios que mais exportaram no primeiro semestre de 2019 - OCNEWS

Cidades

08/07/2019 às 16h13 - Atualizada em 08/07/2019 às 16h32

Com superávit, Osvaldo Cruz está entre os 21 municípios que mais exportaram no primeiro semestre de 2019

Edy Rocha
Osvaldo Cruz - SP
FONTE: Redação/ O Imparcial

Com desempenho positivo, Osvaldo Cruz está entre os 21 municípios que mais exportaram no primeiro semestre de 2019, na região de Presidente Prudente, com saldo de US$ 18.034.417,00. Os dados são do MDIC (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços), de janeiro a junho desse ano.



Para o diretor regional do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), Wadir Olivetti Junior, a efetivação do acordo entre Mercosul e União Europeia, ainda em tratativas, podem impulsionar ainda mais os negócios na região.



A balança comercial na região de Presidente Prudente fechou o primeiro semestre de 2019 com saldo de US$ 105.557.193. Isso quer dizer que, nos municípios com operações, ocorreram mais exportações do que importações: sinal positivo. 



Na ponta do lápis, foram 21 cidades que realizaram exportações, isto é, venderam produtos para outros países, contra 16 que importaram: compraram de fora. E no comparativo, conforme os números do órgão ministerial, respectivamente, as operações chegam ao valor US$ 127.318.048 e US$ 21.760.855, totalizando o saldo acima de US$ 100 milhões.



O destaque dos municípios ficou para o Junqueirópolis, com superávit de US$ 22.632.280. Wadir explica que a localidade acaba impulsionada pela venda do biodiesel, que “é forte naquela região”, por contas das usinas.



Mas no contexto geral, ele analisa e aponta produtos como o couro, açúcar e sementes, que sempre são “bons negócios por aqui”, na região de Prudente, e ajudam no saldo positivo da balança comercial. A capital da Alta Sorocabana, por exemplo, tem um saldo na balança de USS 19.988.159,00.



Saldo esse que é visto por ele como um número expressivo, “bom”, mas que já foi melhor em outros anos. “Mas isso oscila bastante e esperamos que, no próximo semestre, o comércio impulsione um número ainda mais positivo para nós”, complementa Wadir.




ESTA MATÉRIA FOI VISTA 282 VEZES

Comentários

Veja também

    Publicidade

    Publicidade

OCNEWS
© Copyright 2019 | OCNEWS | Todos os Direitos Reservados | Hospedado por PAGE UP SOLUTIONS