WhatsApp

18-99675-4052

Museu Índia Vanuire divulgou programação completa para o mês de agosto. - OCNEWS

Cultura

30/07/2016 às 15h34 - Atualizada em 30/07/2016 às 15h34

Museu Índia Vanuire divulgou programação completa para o mês de agosto.

Edy Rocha
Osvaldo Cruz - SP
FONTE: Diário de Tupã

Com o mês de julho se aproximando do final, a população já prepara a agenda para o próximo mês de agosto. Quem admira a preservação da cultura e do passado, pode participar das atividades divididas em programações permanentes e projetos do Museu Histórico e Pedagógico “Índia Vanuíre”.



A instituição cultural desenvolverá durante o próximo mês várias atividades para a população de Tupã e região. Vale destacar que todos os eventos programados são gratuitos.



Mais informações podem ser obtidas na sede da instituição, que está localizada na Rua Coroados, 521. O horário de funcionamento é de terça-feira a domingo, das 9 às 17 horas. Outras informações podem ser obtidas também através do telefone (14) 3491-2333 ou no site www.museu indiavanuire.org.br



Confira a seguir a programação prevista:



Museu e Cidadania

Datas: 3, 10, 17 e 24/8/2016



O museu recebe o público da Clínica de Repouso Dom Bosco para explorar os conteúdos do acervo e das exposições temporárias de forma acessível e lúdica. A ação tem como objetivo a inclusão sociocultural. Pensando em enfatizar a participação de alguns tupãenses na Revolução Constitucionalista de 1932, bem como o fundador da cidade Luiz de Souza Leão, será apresentado aos participantes o acervo que representa esse marco histórico.



Índio no Museu

Data: 5/8/2016



A programação Índio no Museu é uma resposta ao esforço empreendido por comunidades indígenas de todo o País no que diz respeito à preservação e transmissão de sua memória, estendendo para além de 19 de abril a celebração do Dia do Índio. A convidada do mês é a indígena Dirce Jorge, kaingang da aldeia Vanuíre, para apresentar ao público como é vivida a sua cultura. O evento acontece no dia 5 de agosto, das 10 às 16 horas.



Oficinas para Famílias

Datas: 6 e 7, 13 e 14, 20 e 21, e 27 e 28/8



Aos sábados e domingos, o museu realizará oficinas culturais para famílias. A programação desenvolverá atividades lúdicas e reflexivas com os participantes, como forma de uma maior integração família/museu. Pensando no tema Olimpíadas, que serão realizadas no Brasil, a atividade de agosto será uma confecção de um campo de futebol de botão em placas e isopor.



Aguçando as Memórias

Datas: 9 e 23/8/2016



O tema do Aguçando as Memórias de 2016 é “Recordando a Infância”. O projeto do Museu “Índia Vanuíre” continuará contribuindo para a inclusão social e cultural do idoso, para que ele seja capaz de alcançar sua potencialidade e saberes ao reviver os bons momentos da vida e, assim, enxergar tudo de uma maneira mais positiva, trazendo de volta a autoestima através das memórias e da busca afetiva das lembranças. Será abordado o tema “Músicas e Danças”, recordando “Nos Tempos da Brilhantina”, músicas de época e também relatos pessoais. Também será realizado um baile para dançar, ao som de violão, com a participação de dois integrantes do grupo. Os participantes trarão roupas antigas e usarão como fantasia. E, como finalização do tema, será feito o registro no caderno de atividades.



O Olhar é o Sentir Pelas Mãos

Datas: 12 e 26/8/2016



O projeto O Olhar é o Sentir Pelas Mãos é uma ação conjunta sociocultural com o Programa Vida Iluminada, da Unimed, com a intenção de incentivar a inclusão dos deficientes visuais, para que eles se tornem frequentadores do Museu “Índia Vanuíre”, promovendo também a convivência da equipe do museu com o público cego. A ação despertará momentos de aprendizado e reflexões para a vida no cotidiano. Será feita a confecção de uma fruteira e um vaso feito com dobradura de jornal.



Em Cartaz no Museu

Data: 26/8/2016



Para que novas gerações reconheçam a contribuição dos diversos grupos para a formação de nosso País, será exibido um documentário no auditório da instituição, seguido por uma roda de conversa com os participantes. O vídeo escolhido para exibição é o episódio “Quando Deus Visita a Aldeia”, da série “Índios no Brasil”. No documentário, três jovens vão visitar os índios kaiwoá, que vivem no Estado do Mato Grosso do Sul, e têm a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre esta cultura. A atividade acontece em dois horários: às 9 e às 14 horas.



Curso Difusão Cultural

Datas: 25 e 30/8/2016



Com o intuito de promover a apropriação e a reapropriação do patrimônio cultural, por meio das ações museológicas de pesquisa, preservação e comunicação, tornando possível ao cidadão considerá-lo como um referencial para o exercício da cidadania, o museu promoverá o Curso de Difusão Cultural-Museu e Educação para capacitação de docentes. A ação contará com palestras que visarão, por meio de ações museológicas, capacitar professores, estimulando-os para a elaboração de projetos, com o objetivo de utilizar o patrimônio cultural como um suporte essencial ao processo educativo e ao desenvolvimento social, além de contribuir para a construção do conhecimento na área museológica. O evento será nos dias 25 e 30 de agosto, às 19 horas, para docentes da rede pública de ensino.



Palestra e Oficina: Viva o Folclore

Data: 23/8/2016



O Museu Índia Vanuíre irá apresentar, através de palestra e exibição de vídeo, diversas manifestações dessa tradição popular, cheia de mitos, lendas e riquezas. A ação tem como objetivo convidar o público à reflexão acerca da transmissão das tradições e como elas estão ligadas à construção da identidade social de uma comunidade. A ação será finalizada com a confecção de petecas. A apresentação acontece no auditório do museu, às 10 horas, dia 23 de agosto.



Exposição – Fortalecimento da Memória Tradicional Kaingang – de Geração em Geração

Período: de 1º a 31/8/2016



A exposição Fortalecimento da Memória Tradicional Kaingang: de Geração em Geração é uma autonarrativa com o intuito de promover a tradição, o processo e as técnicas de confecção da cerâmica kaingang, valorizando o conhecimento e os fazeres dos indígenas mais velhos e sábios. Todos esses aspectos, materiais e imateriais, serão apresentados ao público através de uma exposição bilíngue (kaingang e português) que contará com objetos, imagens fotográficas e vídeo.


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 2004 VEZES

Comentários

Veja também

    Publicidade

    Publicidade

OCNEWS
© Copyright 2018 | OCNEWS | Todos os Direitos Reservados | Hospedado por PAGE UP SOLUTIONS