WhatsApp

(18) 99774 - 5662

Mazucato participa de nova reunião em São Paulo por reativação do Iamspe no município - OCNEWS

Cidades

07/02/2018 às 15h59 - Atualizada em 08/02/2018 às 08h39

Mazucato participa de nova reunião em São Paulo por reativação do Iamspe no município

Edy Rocha
Osvaldo Cruz - SP
FONTE: Redação

Fotos: Chicão, assessor do deputado Mauro Bragato

O prefeito Edmar Mazucato (PSDB), esteve nesta quarta-feira (7) na superintendência do Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual), acompanhado do diretor da Santa Casa, Emerson Renato Bussola, e do sempre Deputado Mauro Bragato (PSDB), para solicitar mais uma vez reativação do convênio que foi cancelado na Santa Casa da cidade.



Não é de hoje  que os servidores reclamam da falta de atendimento na Santa Casa de Osvaldo Cruz e de terem que ir a outra cidade em busca de médico, porque em Osvaldo Cruz o IAMSPE está com serviços suspensos na Santa Casa desde 2012.



Ainda de acordo com a reclamação, a Santa Casa de Osvaldo Cruz é a única da região que não atende o convênio.



Em dezembro de 2017 o diretor da Santa Casa, Emerson Renato Bussola disse que o hospital está com toda a documentação em dia, e pronta, para solicitar o credenciamento. No entanto, o credenciamento depende do IAMSPE.



E a briga para a volta do IAMSP vem desde 2016, quando o prefeito Edmar Mazucato (PSDB), manteve reunião com o superintendente do Iamspe, Dr. Latífe Abraão Júnior, onde apresentou todas as documentações necessárias para que a Santa Casa possa se credenciar.



Na época Dr. Latífe explicou ao prefeito que a situação não está muito fácil, mas como Lucélia tinha o hospital que fazia o atendimento, mas que está fechado, se abriu uma janela.



No intuito de sensibilizar o IAMSPE para abertura de credenciamento, no final do ano passado um abaixo-assinado, com mais de 1 mil assinaturas de Servidores Públicos Estaduais na Ativa e Aposentados, foi enviado à superintendência do IAMSPE.



O convênio



O convênio do IAMSPE (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual), é voltado para os servidores públicos do Estado de São Paulo, seus beneficiários e agregados, que têm direito à assistência integral à saúde mediante a contribuição ao IAMSPE, que é descontada diretamente no holerite ou demonstrativo de pagamento.



Os usuários da Capital, Grande São Paulo e Interior têm à disposição hoje aproximadamente 3.000 profissionais credenciados no Estado, sem incluir os médicos dos CEAMAS e hospitais credenciados, além do próprio Hospital do Servidor Público Estadual, localizado na cidade de São Paulo.



O próprio usuário liga para o especialista e agenda sua consulta. Hoje, a rede de atendimento do IAMSPE está presente em aproximadamente 200 municípios paulistas, beneficiando 1,3 milhão de usuários.



Colaboração vereador Roberto Pazotto/Ocnet.




ESTA MATÉRIA FOI VISTA 647 VEZES

Comentários

Veja também

    Publicidade

    Publicidade

OCNEWS
© Copyright 2018 | OCNEWS | Todos os Direitos Reservados | Hospedado por PAGE UP SOLUTIONS