WhatsApp

(18) 99774 - 5662

Dipirona, Omeprazol e cerca de 13 mil medicamentos comercializados no país estão mais caros - OCNEWS

Brasil

03/04/2018 às 08h44 - Atualizada em 03/04/2018 às 08h44

Dipirona, Omeprazol e cerca de 13 mil medicamentos comercializados no país estão mais caros

Edy Rocha
Osvaldo Cruz - SP
FONTE: Redação

Já está valendo em todo país a alta no preço dos medicamentos autorizada pelo governo federal. Segundo informou o Ministério da Saúde, o reajuste médio dos cerca de 13 mil medicamentos comercializados no país foi de 2,38%.



Em nota, o ministério destacou que o reajuste médio "é menor que o da inflação registrada entre março de 2017 e fevereiro deste ano, que foi 2,84%, e também do registrado no ano passado, quando o índice ficou em 2,63%".



O primeiro grupo, onde ficam produtos de maior concorrência, como Dipirona, Omeprazol, Losec e o Rivotril, os preços foram aumentados até 2,84%.



O segundo grupo, onde estão localizados os antibióticos, o Viagra, o Tylex e o Yasmin e que apresentam concorrência moderada, tiveram crescimento de até 2,47%.



Já o terceiro conta com produtos de maior custo, como medicamentos para AVC Isquêmico, como o Actilyse, medicamentos indicados para câncer de próstata, como o Casodex e medicamentos Antitrombóticos, como o Clexane baixa concorrência e alta tecnologia, teve o menor percentual de variação de preços, de 2,09%.



De acordo com Valdomiro Rodrigues, consultor da federação brasileira das redes associativas e independentes de farmácias, consumir genéricos e pesquisar antes, ajuda a gastar menos na hora de comprar medicamento.



Uma pesquisa realizada pela própria FEBRAFAR apontou que 45 % das pessoas compram remédio pelo preço, ou seja, procuram o mais barato, o que faz com que os medicamentos genéricos sejam os mais procurados pelos consumidores.


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 473 VEZES

Comentários

Veja também

    Publicidade

    Publicidade

OCNEWS
© Copyright 2018 | OCNEWS | Todos os Direitos Reservados | Hospedado por PAGE UP SOLUTIONS