WhatsApp

18-99675-4052

Presidente do São Paulo vê evolução com Aguirre, mas quer que time sofra menos - OCNEWS

Esportes

17/05/2018 às 09h13 - Atualizada em 17/05/2018 às 09h13

Presidente do São Paulo vê evolução com Aguirre, mas quer que time sofra menos

CLAUDINEI COUTO
Osvaldo Cruz - SP
FONTE: GLOBOESPORTE.COM

Leco e Raí em um dos dias que o presidente foi ao CT da Barra Funda recentemente (Foto: Maurício Rummens / Estadão Conteúdo)

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, considera que o time está em evolução com Diego Aguirre. Por outro lado, o mandatário acredita que a retomada ainda está lenta. A avaliação foi passada ao departamento de futebol, comandado pelo diretor-executivo Raí.



Não em tom de cobrança. A presidência deu autonomia a Raí para comandar o futebol do clube – o ídolo está no departamento desde dezembro do ano passado. Leco, apesar de marcar presença regularmente no CT da Barra Funda, raramente interfere no dia-a-dia.



Exceção feita, por exemplo, ao momento mais conturbado do ano, quando Leco teve participação direta na demissão de Dorival Júnior após a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, no Paulistão.



Sobre o rendimento atual, o presidente comenta internamente que a equipe tem mostrado maior segurança. Mas o mandatário tem sentido falta de ver o time mais adiantado, sem sofrer pressão.



E avalia que em um passado recente a equipe aparentava não ter vontade de vencer. Algo já superado.



A invencibilidade no Brasileirão é elogiada, mas com alerta para o alto número de empates – em cinco jogos, são quatro igualdades e só um triunfo. Algumas pessoas no clube, aliás, ponderam que se o time trocasse dois empates por uma vitória e uma derrota, estaria melhor colocado.



Depois de cinco rodadas, o Sao Paulo, único invicto do Brasileirão, tem sete pontos no 12º lugar. No cenário hipotético acima, o Tricolor teria oito pontos e poderia estar entre os seis primeiros.



Neste domingo, às 16h (de Brasília), no Morumbi, o Tricolor tem seu primeiro clássico do Brasileirão pela frente, contra o Santos, único time que venceu a equipe em casa em 2018. O fraco rendimento contra os principais rivais, aliás, é algo que o presidente também conversa com o departamento de futebol.



Até aqui, nesta temporada, foram quatro derrotas (duas vezes para o Corinthians, uma para o Santos, uma para o Palmeiras e apenas um triunfo, sobre o Corinthians).


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 70 VEZES

Comentários

Veja também

    Publicidade

    Publicidade

OCNEWS
© Copyright 2018 | OCNEWS | Todos os Direitos Reservados | Hospedado por PAGE UP SOLUTIONS