WhatsApp

(18) 99774 - 5662

Brasil vence a Áustria em último teste antes do Mundial - OCNEWS

Esportes

10/06/2018 às 12h58 - Atualizada em 10/06/2018 às 12h58

Brasil vence a Áustria em último teste antes do Mundial

Edy Rocha
Osvaldo Cruz - SP
FONTE: Noticias ao minuto

O Brasil realizou neste domingo o último teste antes da estreia contra a Suíça na Copa da Rússia. A seleção de Tite enfrentou a Áustria, que tem semelhanças em campo com o primeiro adversário da equipe brasileira.



Em Viena, com casa cheia, logo aos três minutos um susto: Baumgartlinger, volante austríaco, deu uma pancada em Neymar, que fazia seu primeiro jogo como titular após a lesão no pé. O camisa 10 caiu com dores, mas em seguida voltou para o jogo.



Mais à frente, aos 28', Alisson sentiu o tornozelo, foi atendido, mas também se recuperou rápido.



Antes do fim do primeiro tempo, Gabriel Jesus aproveitou a sobra de um chute de Marcelo e marcou o primeiro gol do jogo, o seu 10º sob o comando de Tite: 1 a 0 para o Brasil.



Com o tento, Jesus segue à frente de Neymar, que tem oito gols com Tite, e Paulinho, com sete.



SEGUNDO TEMPO



Aos 10 minutos, Prodl levou o primeiro amarelo do jogo. Não satisfeito, Schopf, meio campo, fez falta dura em Coutinho na sequência. Os brasileiros não gostaram e o clima ficou tenso no gramado. Para evitar problemas, o técnico da Áustria, Franco Foda, tirou Schopf e Schlager, para entradas de Burgstaller e Hierlander. 



Tite também aproveitou para mexer. Fernandinho e Marquinhos entraram nos lugares de Casemiro e Thiago Silva. E logo na sequência, Neymar aproveitou para também deixar o dele: 2 a 0. O craque brasileiro deixou o defensor austríaco Dragovic caído no chão, dentro da área, após um lance desconcertante. 



Daí pra frente o jogo virou apenas teste. Tite colocou Filipe Luís e Firmino e tirou Marcelo e Gabriel Jesus. Coutinho também saiu e deu lugar a Taison, não sem antes carimbar a trave de Lindner e quase marcar seu segundo gol da partida, o quarto do Brasil.



Neymar foi trocado por Douglas Costa, aos 37. O craque chegará ao Mundial com 55 gols pela seleção brasileira, a um de igualar Romário na artilharia. Se marcar duas vezes na Rússia, o camisa 10 se tornará o terceiro maior marcador do Brasil na história, ficando atrás apenas de Ronaldo Fenômeno e Pelé, que têm 62 e 77 gols, respectivamente.



No fim, placar consistente da equipe de Tite, que mostrou força ofensiva e muita paciência para aguentar o time da Áustria que, fora da Copa, não poupou as entradas mais duras. 


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 123 VEZES

Comentários

Veja também

    Publicidade

    Publicidade

OCNEWS
© Copyright 2018 | OCNEWS | Todos os Direitos Reservados | Hospedado por PAGE UP SOLUTIONS