Ocnews - Sua fonte de notícias na cidade de Osvaldo Cruz

Tiago Nunes vê Corinthians superior ao Guaraní, critica Pitana e defende Pedrinho: "Não é vilão"

Timão venceu por 2 a 1, mas foi eliminado ainda na segunda fase da Libertadores

Tiago Nunes acredita que o Corinthians tenha sido superior ao Guaraní nas partidas que levaram o Timão à eliminação na segunda fase da Libertadores. Derrotado por 1 a 0 em Assunção e com uma insuficiente vitória por 2 a 1 em Itaquera, o Timão teve vida curtíssima na competição.

O treinador não poupou críticas ao árbitro argentino Néstor Pitana, que tomou decisões consideradas equivocadas na Central do Apito. Para Tiago, os erros foram determinantes para a eliminação.

– Queria agradecer ao nosso torcedor, que valorizou muito o esforço dos atletas em campo aplaudindo depois da partida. E parabenizar os jogadores pelo o que eles fizeram, se doaram muito. Criamos o suficiente para vencer. Ao mesmo tempo, quero pedir desculpas a arbitragem brasileira pela crítica que fazemos, ainda mais enfrentando uma arbitragem terrível como a de hoje, do Néstor. Um cara experiente no futebol, sabe levar um jogo da maneira que deseja. Foi determinante – criticou o treinador.

– Importante lembrar que vencemos, criamos para tal, jogamos com um a menos (Pedrinho expulso). Fomos superiores ao adversário nas duas partidas. Em um momento pontual, até o momento que houve a falta que não aconteceu, o Gil não toca no jogador deles. Quando as coisas fogem do nosso controle, saem da normalidade do campo, é difícil fazer uma avaliação precisa – destacou.

O Corinthians teve de jogar com um jogador a menos a partir dos 28 minutos do primeiro tempo, quando Pedrinho tentou uma bicicleta, acertou o jogador adversário e recebeu o segundo amarelo. Tiago Nunes, porém, disse que não se deve procurar vilões neste momento.

– Não tem nada de vilão, é um jogador muito importante para a nossa equipe. A primeira falta foi um acidente, foi bem na minha frente. A segunda ele nem enxerga, está de costas tentando a bicicleta, mas o adversário antecipa. Como vou culpar? Não tem como. Enquanto esteve em campo contribuiu muito. Tem todo o nosso carinho. Eu não fico passando responsabilidade, temos que lamber nossas feridas, saber o que precisamos melhorar. Que esse momento sirva de aprendizado.

 

Fonte

Globoesporte.com
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Veja também

Jesualdo resume atuação do Santos contra a Ferroviária:
13Fev

Jesualdo resume atuação do Santos contra a Ferroviária: "Nosso pior jogo"

"Todos jogadores estiveram abaixo", critica o treinador após 0 a 0

Luxemburgo cita emoção por volta a estádio do Palmeiras e elogia estreia de Viña
13Fev

Luxemburgo cita emoção por volta a estádio do Palmeiras e elogia estreia de Viña

Treinador tem retrospecto incrível no local, onde não comandava o Verdão desde 2009

Azulão apresenta mais três reforços
13Fev

Azulão apresenta mais três reforços

Antes de pré-temporada, Davi, Wilton e Renan Augusto são confirmados como reforços

Diniz fecha treino tático do São Paulo e faz mistério para o clássico; veja provável escalação
13Fev

Diniz fecha treino tático do São Paulo e faz mistério para o clássico; veja provável escalação

Igor Gomes e Antony podem ser novidades no time titular contra o Corinthians

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )