Ocnews - Sua fonte de notícias na cidade de Osvaldo Cruz

Câmara de Osvaldo Cruz arquiva denúncia do vereador Roberto Pazzoto contra prefeito Edmar Mazucato

Somente os vereadores Roberto Amor, Valdemir Anselmo e Fábio Bertassi votaram a favor da denúncia.

OUVIR NOTÍCIA

A Câmara Municipal de Osvaldo Cruz reuniu os vereadores em Sessão Ordinária na noite desta segunda-feira (07) e decidiu, por maioria de votos, rejeitar a denúncia contra o Prefeito Edmar Mazucato por quebra de decoro no suposto episódio de agressão ao vereador Roberto Pazotto.

Gerson Credendio, o Juca, como suplente de Roberto Pazzoto, foi convocado para comparecer à sessão de ontem onde foi lida e deliberada a denúncia que apontava Mazucato como autor da agressão ao vereador Pazotto. Juca deliberou e votou apenas nesta denúncia, já que Pazotto era parte interessada, não podendo votar.

Somente os vereadores Roberto Amor, Valdemir Anselmo e Fábio Bertassi votaram a favor da denúncia. 

Veto a Reestruturação da Câmara

Outro assunto que foi votado na sessão foi o veto do prefeito Edmar Mazucato com relação ao Projeto de Lei de Reestruturação de Cargos e Salários de servidores da Câmara Municipal. O veto foi derrubado por maioria de votos e o projeto volta ao executivo para ser sancionado.

Em entrevista concedida na manhã desta segunda-feira (07), o prefeito Mazucato afirmou que, caso os vereadores revogassem seu veto, o projeto retornaria ao executivo para sanção. "Se eu não o fizer em 48 horas a Câmara deve sancionar a proposta. Mas adianto que se isto acontecer vou levar o caso ao conhecimento da justiça por entender que o projeto não é o melhor para a população.”.

Fonte

FM Metrópole
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Câmara de Osvaldo Cruz arquiva denúncia do vereador Roberto Pazzoto contra prefeito Edmar Mazucato

FM Metrópole

A Câmara Municipal de Osvaldo Cruz reuniu os vereadores em Sessão Ordinária na noite desta segunda-feira (07) e decidiu, por maioria de votos, rejeitar a denúncia contra o Prefeito Edmar Mazucato por quebra de decoro no suposto episódio de agressão ao vereador Roberto Pazotto.

Gerson Credendio, o Juca, como suplente de Roberto Pazzoto, foi convocado para comparecer à sessão de ontem onde foi lida e deliberada a denúncia que apontava Mazucato como autor da agressão ao vereador Pazotto. Juca deliberou e votou apenas nesta denúncia, já que Pazotto era parte interessada, não podendo votar.

Somente os vereadores Roberto Amor, Valdemir Anselmo e Fábio Bertassi votaram a favor da denúncia. 

Veto a Reestruturação da Câmara

Outro assunto que foi votado na sessão foi o veto do prefeito Edmar Mazucato com relação ao Projeto de Lei de Reestruturação de Cargos e Salários de servidores da Câmara Municipal. O veto foi derrubado por maioria de votos e o projeto volta ao executivo para ser sancionado.

Em entrevista concedida na manhã desta segunda-feira (07), o prefeito Mazucato afirmou que, caso os vereadores revogassem seu veto, o projeto retornaria ao executivo para sanção. "Se eu não o fizer em 48 horas a Câmara deve sancionar a proposta. Mas adianto que se isto acontecer vou levar o caso ao conhecimento da justiça por entender que o projeto não é o melhor para a população.”.

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )