Ocnews - Sua fonte de notícias na cidade de Osvaldo Cruz

Câmara discute aumento de até 5% para servidores municipais, mas projeto é retirado

Reunião na manhã de hoje (24) com Prefeito Mazucato tratou do assunto; proposta deve ser apreciada até sexta-feira

OUVIR NOTÍCIA

 A Câmara Municipal de Osvaldo Cruz realizou sua quarta sessão ordinária nesta segunda-feira (24).

Com a presença de todos os vereadores, a Câmara apreciou projeto de lei do Prefeito Edmar Mazucato (PSDB) no sentido da concessão de aumento aos servidores municipais. O reajuste previsto era de 5% aos funcionários de carreira e 4,31% aos vencimentos do Prefeito, Vice-Prefeito e secretários municipais.

Após muita discussão o projeto foi retirado para ser discutido em reunião ocorrida hoje (24) pela manhã com o Prefeito na Câmara Municipal. O encontro serviu para discutir questões ligadas à exceção dos servidores das categorias A e B para o reajuste de 5% e vale alimentação. O Prefeito vai estudar as sugestões apresentadas. O projeto deverá votado em sessão extraordinária nesta semana.

Os vereadores ainda provaram projeto de Resolução Legislativa 01/2020 que suspende a realização de sessões ordinárias da Câmara durante o mês de abril devido à pandemia do coronavírus.

Fonte

Pedro Panvéchio_Assessoria Parlamentar de Comunicação Social da Câmara Municipal de Osvaldo Cruz
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Câmara discute aumento de até 5% para servidores municipais, mas projeto é retirado

Pedro Panvéchio_Assessoria Parlamentar de Comunicação Social da Câmara Municipal de Osvaldo Cruz

 A Câmara Municipal de Osvaldo Cruz realizou sua quarta sessão ordinária nesta segunda-feira (24).

Com a presença de todos os vereadores, a Câmara apreciou projeto de lei do Prefeito Edmar Mazucato (PSDB) no sentido da concessão de aumento aos servidores municipais. O reajuste previsto era de 5% aos funcionários de carreira e 4,31% aos vencimentos do Prefeito, Vice-Prefeito e secretários municipais.

Após muita discussão o projeto foi retirado para ser discutido em reunião ocorrida hoje (24) pela manhã com o Prefeito na Câmara Municipal. O encontro serviu para discutir questões ligadas à exceção dos servidores das categorias A e B para o reajuste de 5% e vale alimentação. O Prefeito vai estudar as sugestões apresentadas. O projeto deverá votado em sessão extraordinária nesta semana.

Os vereadores ainda provaram projeto de Resolução Legislativa 01/2020 que suspende a realização de sessões ordinárias da Câmara durante o mês de abril devido à pandemia do coronavírus.

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )