Ocnews - Sua fonte de notícias na cidade de Osvaldo Cruz

OC é a primeira cidade da região a aprovar lei que proíbe soltura de fogos de artifício com barulho

O Projeto leva o nome do jovem osvaldo-cruzense que é autista e inspirou os autores.

OUVIR NOTÍCIA

Osvaldo Cruz foi a primeira cidade da região a aprovar lei que proíbe a soltura de fogos de artifício com barulho.

A aprovação da matéria, chamada de “Lei João Fernando”. aconteceu na noite desta quinta-feira (25), em sessão extraordinária da Câmara de Osvaldo Cruz.

O Projeto leva o nome do jovem osvaldo-cruzense que é autista e inspirou os autores.

O único voto contrário foi do vereador Adenilson Aparecido Barbosa, o Exclusivo (PDT).

Essa foi a terceira vez que o expediente deu entrada na Câmara. Assinam o projeto os vereadores Bitinha (PSDB) e Lucas Hirano (PSD).

“Estou particularmente muito feliz porque os colegas entenderam a necessidade da proposta em nome da vida e da saúde de portadores de deficiência, idosos, crianças e animais domésticos. A aprovação foi por maioria absoluta, o que me deixa muito contente. Agora a proposta vai à sanção ou veto do Prefeito Edmar Mazucato (PSDB) e esperamos que ele também acolha o Projeto”, disse Bitinha ao agradecer ao colega Lucas Hirano pela co-autoria da propositura.

Fonte

Jornal Cidade Aberta
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

OC é a primeira cidade da região a aprovar lei que proíbe soltura de fogos de artifício com barulho

Jornal Cidade Aberta

Osvaldo Cruz foi a primeira cidade da região a aprovar lei que proíbe a soltura de fogos de artifício com barulho.

A aprovação da matéria, chamada de “Lei João Fernando”. aconteceu na noite desta quinta-feira (25), em sessão extraordinária da Câmara de Osvaldo Cruz.

O Projeto leva o nome do jovem osvaldo-cruzense que é autista e inspirou os autores.

O único voto contrário foi do vereador Adenilson Aparecido Barbosa, o Exclusivo (PDT).

Essa foi a terceira vez que o expediente deu entrada na Câmara. Assinam o projeto os vereadores Bitinha (PSDB) e Lucas Hirano (PSD).

“Estou particularmente muito feliz porque os colegas entenderam a necessidade da proposta em nome da vida e da saúde de portadores de deficiência, idosos, crianças e animais domésticos. A aprovação foi por maioria absoluta, o que me deixa muito contente. Agora a proposta vai à sanção ou veto do Prefeito Edmar Mazucato (PSDB) e esperamos que ele também acolha o Projeto”, disse Bitinha ao agradecer ao colega Lucas Hirano pela co-autoria da propositura.

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )