Ocnews - Sua fonte de notícias na cidade de Osvaldo Cruz

PL que classifica OC como Município de Interesse Turístico recebe parecer desfavorável na Alesp

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Alesp, a pedido da reportagem do Jornal Cidade Aberta.

OUVIR NOTÍCIA

O Projeto de Lei 554/2019, que teve anexado para fins de instrução, o PL 229/2018, que classifica Osvaldo Cruz como Município de Interesse Turístico (MIT), recebeu parecer desfavorável na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Alesp, a pedido da reportagem do Jornal Cidade Aberta.

De acordo com a assessoria de imprensa da Alesp, o parecer desfavorável foi dado pelo Grupo Técnico de Análise dos Municípios Turísticos, da Secretaria de Estado do Turismo, que encaminhou o Parecer nº 50/2020, com teor contrário à aprovação do expediente.

Justamente por esse status atual, que Osvaldo Cruz não entrou na relação de municípios contemplados com recursos destinados dos MIT.

Na região, Adamantina, Martinópolis, Panorama, Paulicéia, Rancharia, Rosana e Santo Expedito serão beneficiadas com um total de R$ 2,5 milhões.

Sonho desde 2017

O interesse em ser transformado em Município de Interesse Turístico vem desde 2017.

Na época, houve a criação do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), por exemplo, além da elaboração do projeto que foi enviado à Assembleia Legislativa do Estado.

 

 

Fonte

Pedro Afonso/Jornal Cidade Aberta
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

PL que classifica OC como Município de Interesse Turístico recebe parecer desfavorável na Alesp

Pedro Afonso/Jornal Cidade Aberta

O Projeto de Lei 554/2019, que teve anexado para fins de instrução, o PL 229/2018, que classifica Osvaldo Cruz como Município de Interesse Turístico (MIT), recebeu parecer desfavorável na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Alesp, a pedido da reportagem do Jornal Cidade Aberta.

De acordo com a assessoria de imprensa da Alesp, o parecer desfavorável foi dado pelo Grupo Técnico de Análise dos Municípios Turísticos, da Secretaria de Estado do Turismo, que encaminhou o Parecer nº 50/2020, com teor contrário à aprovação do expediente.

Justamente por esse status atual, que Osvaldo Cruz não entrou na relação de municípios contemplados com recursos destinados dos MIT.

Na região, Adamantina, Martinópolis, Panorama, Paulicéia, Rancharia, Rosana e Santo Expedito serão beneficiadas com um total de R$ 2,5 milhões.

Sonho desde 2017

O interesse em ser transformado em Município de Interesse Turístico vem desde 2017.

Na época, houve a criação do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), por exemplo, além da elaboração do projeto que foi enviado à Assembleia Legislativa do Estado.

 

 

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )