Ocnews - Sua fonte de notícias na cidade de Osvaldo Cruz

Quarentena é prorrogada até 30 de novembro em todo o estado de São Paulo

Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde.

OUVIR NOTÍCIA

O governo de São Paulo decidiu prorrogar até 30 de novembro o estado de calamidade pública e a quarentena em todo o Estado, com o objetivo de reduzir o avanço da pandemia do coronavírus. A decisão tem como base o aumento no número de internações - com média móvel de 1.000 neste domingo (15) - alta de 18% em relação à semana epidemiológica anterior. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde.

Alegando “cautela” durante a coletiva desta segunda-feira (16), o governador João Doria (PSDB) afirmou que não haverá qualquer flexibilização nas atividades econômicas, conforme vinha acontecendo paulatinamente desde julho no Estado. Até o momento, aconteceram 40.576 óbitos confirmados em São Paulo que tiveram como causa o coronavírus, entre os 1.169.377 casos desde o primeiro registro, em março.

O governador João Doria enviou à imprensa um vídeo em que diz que o comércio de São Paulo vai continuar em funcionamento após as Eleições Municipais 2020. A declaração serve para desmentir boatos de que o comércio fecharia das portas após o pleito de domingo (15), que definirá prefeitos e vereados em todo o país.

Fonte

Sifuspesp
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Quarentena é prorrogada até 30 de novembro em todo o estado de São Paulo

Sifuspesp

O governo de São Paulo decidiu prorrogar até 30 de novembro o estado de calamidade pública e a quarentena em todo o Estado, com o objetivo de reduzir o avanço da pandemia do coronavírus. A decisão tem como base o aumento no número de internações - com média móvel de 1.000 neste domingo (15) - alta de 18% em relação à semana epidemiológica anterior. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde.

Alegando “cautela” durante a coletiva desta segunda-feira (16), o governador João Doria (PSDB) afirmou que não haverá qualquer flexibilização nas atividades econômicas, conforme vinha acontecendo paulatinamente desde julho no Estado. Até o momento, aconteceram 40.576 óbitos confirmados em São Paulo que tiveram como causa o coronavírus, entre os 1.169.377 casos desde o primeiro registro, em março.

O governador João Doria enviou à imprensa um vídeo em que diz que o comércio de São Paulo vai continuar em funcionamento após as Eleições Municipais 2020. A declaração serve para desmentir boatos de que o comércio fecharia das portas após o pleito de domingo (15), que definirá prefeitos e vereados em todo o país.

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )